tendências de seo

Você está pronto para o SEO em 2020? Saiba que, se você quer estar à frente da concorrência e ligado nas tendências de SEO para 2020, você precisa saber o que vai mudar. 

A maior mudança do SEO no próximo ano será o crescimento da pesquisa por voz. Veja essas estatísticas:

31% dos usuários de smartphones em todo o mundo usam tecnologia de voz pelo menos uma vez por semana

50% de todas as pesquisas on-line serão baseadas em voz até 2020

Com a pesquisa por voz em um smartphone ou computador, nem sempre você aparecerá nos resultados. Quando a pesquisa por voz ultrapassa a pesquisa por texto, apenas um resultado é relevante. Se não é você, você vai perder para o concorrente.

Para solucionar isso você pode realizar algumas medidas, como:

  • Sempre aponte para o snippet em destaque do Google
  • Quando você pesquisa algo no Google, normalmente aparece uma caixa em destaque respondendo a sua pergunta, em um parágrafo, lista ou tabela. Isso é chamado de snippet. Em quase todos os casos, o texto da caixa de resposta é extraído de um dos 10 principais resultados da pesquisa para essa consulta. Cerca de 40% dos resultados da página inicial do Google vêm do snippet em destaque.

Por exemplo, fiz uma pesquisa por voz sobre “como meditar” e o snippet que apareceu foi esse:

Tendências de SEO

Nesse site em destaque aparece o passo a passo ensinando a meditar, ou seja, exatamente a resposta do que você pesquisou e procura saber. Além disso, o Google costuma sugerir outras perguntas relacionadas que você talvez também tenha interesse em saber:

Tendências de SEO

No caso da pesquisa por voz ou o alto-falante, a tendência é que o Google comece a adaptar as respostas e mudar os resultados de pesquisa com base no que funciona melhor para voz. 

Veja como você pode ter mais chances de aparecer no destaque (snippet) do Google e aparecer nos resultados da pesquisa por voz:

  1. Concentre-se nas palavras-chave de cauda longa. Sempre que você criar um conteúdo, pense nas dúvidas que seus leitores têm e como eles digitam. Essas são as frases que você deve utilizar para otimizar seus textos.
  2. Verifique se as tags de título e os cabeçalhos fazem a pergunta exata como a pesquisa por palavra-chave. Se o seu artigo for “O melhor guia para o equilíbrio entre vida profissional e pessoal” e você desejar que o seu snippet responda à pergunta “O que é equilíbrio entre vida profissional e pessoal?”. Faça com que ela seja sua tag de título – que não precisa ser igual ao seu título. Em seguida, repita a pergunta no seu primeiro cabeçalho e responda imediatamente.
  3. Responda a pergunta de forma sucinta. A duração média do parágrafo em um snippet em destaque é de 40 a 60 palavras; portanto, responda à sua pergunta da maneira mais clara e sucinta possível.

Essas são boas estratégias a serem usadas na criação de novo conteúdo, mas também é uma boa ideia voltar e otimizar os conteúdos antigos já publicados, especialmente aqueles mais populares e acessados. Novamente, pense na pergunta principal que cada artigo do blog responde e otimize para essas palavras.

Se você descobrir que possui conteúdo de artigos nos trechos em destaque no Google, não pense que seu trabalho está concluído. Você precisa manter a posição. Certifique-se de que seu conteúdo atinja todas as marcas listadas acima, porque, se não, não levará muito tempo até que outra pessoa crie algo que supere seu conteúdo. Verifique se não há espaço para concorrência.

Foco na construção de uma marca

Muitas pessoas não pensam na construção de uma marca como uma maneira de impactar positivamente o SEO, o que é um erro. A marca oferece autoridade e confiança, duas coisas que os mecanismos de pesquisa analisam ao determinar a classificação do seu conteúdo.

Um dos grandes fatores do algoritmo do Google são as consultas de marca. Você deseja garantir que a maioria – se não a totalidade – dos imóveis da primeira página para pesquisas da sua marca seja composta de seus próprios links. E você definitivamente quer ter certeza de que nada negativo sobre sua marca aparece lá:

Então, como você constrói uma marca? Você adota uma abordagem omnichannel ao marketing. Ao usar várias plataformas diferentes para o seu marketing, como blogs, mídias sociais e podcasts, você cria conhecimento da marca e também fornece ao Google mais links de marcas para indexar. 

Construir sua marca também significa que você obterá mais links, que são um dos fatores de classificação mais importantes no Google. Os compartilhamentos nas redes sociais e os backlinks com autoridade contam muito para te trazer mais visibilidade.

Comece a criar relacionamentos com clientes em potencial e aprofundar os relacionamentos com os já existentes, mas também procure influenciadores e especialistas na sua área de atuação. Se você conseguir que eles compartilhem seu conteúdo, tornará sua marca mais conhecida mais rapidamente.

Instale o Amazon Polly no seu site

O Amazon Polly é uma ferramenta de reconhecimento de fala que lê um conteúdo em voz alta para você. Está disponível como um plug-in para WordPress e facilita a integração com as postagens do blog. Ele pode ajudar a aumentar o tempo de permanência no site, o que é um fator importante para o SEO.

Algumas pessoas gostam de ler o conteúdo, enquanto outras preferem ouvi-lo. Com o Amazon Polly, qualquer pessoa que visite seu site tem as duas opções à disposição. E eles permanecerão enquanto o conteúdo for interessante, útil e fácil de ler.

Otimize seu site para celular

Lembra-se da afirmação anterior de que 31% dos usuários de smartphones em todo o mundo usam tecnologia de voz pelo menos uma vez por semana? Você acha que o Google exibirá um resultado que não é compatível com dispositivos móveis? De jeito nenhum.

O Google mudou suas prioridades ao introduzir o Mobile-First Index, o que significa que o Google usa predominantemente a versão móvel de uma página para indexação e classificação. 

Em outras palavras, se sua página não estiver boa em um dispositivo móvel ou se a versão para celular tiver menos conteúdo, você poderá perder as classificações nos resultados de pesquisa para celular e para computador.

Você pode verificar se seu site está totalmente otimizado para celular através do Page Speeds Insights. Adicione seu site lá e veja a nota que aparece:

Tendências de SEO

Se seu site não passar no teste do Google, você precisará fazer alguns ajustes. Se você usa um CMS como o WordPress para o seu site, tente mudar para um novo tema que seja responsivo – o que significa que ele terá um layout flexível que permitirá a reconfiguração para diferentes tamanhos de tela e ainda ficará ótimo.

Ao criar conteúdo compatível com dispositivos móveis, lembre-se dessas dicas:

  • Mantenha os parágrafos curtos. O ideal é duas ou três frases.
  • Divida o texto com subtítulos (H2, H3…) a cada 2-3 parágrafos, apresente a próxima ideia com um título para facilitar a leitura.
  • Use marcadores e listas numeradas: ajude a dividir blocos de texto exibindo várias ideias relacionadas em forma de lista 
  • Se você não tem condições de escrever conteúdo compatível com dispositivos móveis e SEO, entregue-o a outra pessoa da empresa ou terceirize-o para um freelancer ou agência.

Pesquisa semântica e otimização de intenção

O Google se afastou da otimização de palavras-chave de correspondência exata anos atrás. Atualmente, o Google não usa a sequência real de palavras que estão sendo digitadas na caixa de pesquisa. Em vez disso, ele analisa o contexto da consulta e analisa a possível intenção de pesquisa para fornecer os melhores resultados.

Você pode ver isso em todo o SERPs e até nos resultados do Google Suggest. O Google é muito bom em entender a intenção do pesquisador, e os métodos antigos de criação de conteúdo que se concentram em uma única sequência de palavras-chave não funcionam mais.

O uso de ferramentas de pesquisa semântica é outra boa ideia. O Text Optimizer é uma plataforma de otimização de intenção que ajuda a agrupar qualquer consulta de pesquisa em conceitos e frases relacionadas. Ele usa os snippets de pesquisa do Google para ter ideias para expandir seu texto e fornecer mais soluções para  atender às necessidades do Google e de seus usuários.

Estudo dos fatores de classificação da pesquisa por voz do Backlink

O Backlinko analisou recentemente 10.000 resultados do Google para aprender mais sobre SEO por voz e descobriu que existem outros fatores que ajudam a determinar quem consegue o primeiro lugar, entre eles:

  • Velocidade da página: a página média do resultado da pesquisa por voz é carregada em 4,6 segundos. Isso é 52% mais rápido que a página média.
  • HTTPS ao invés do HTTP: mais de 70% dos resultados da Página inicial do Google utilizam o HTTPS.
  • Engajamento social: o resultado médio da pesquisa por voz possui 1.199 compartilhamentos no Facebook e 44 Tweets.
  • Contagem de palavras: a contagem média de palavras de uma página de resultados de pesquisa por voz é de 2.312 palavras. Isso é um pouco mais alto do que no Google, que é de 1.890 palavras.

Conclusão

A pesquisa por voz será o grande diferencial do SEO em 2020 e precisamos ficar atentos a essas mudanças e começar a nos preparar desde agora para ver resultados daqui 2 a 5 meses. 

Leva tempo para subir nas classificações e também para descobrir quais palavras-chave funcionarão para você. Além disso, você precisa criar ou otimizar todo o conteúdo do seu site. É um trabalho permanente e constante. 

Se precisar de uma agência de marketing digital Campinas para fazer esse trabalho por você conte com o trabalho da Accenda Digital. 

Fontes: https://www.singlegrain.com/seo/how-seo-will-change-in-2020-and-youre-not-going-to-like-it/

[avs_toc]

Deixe seu e-mail e receba conteúdos exclusivos

0/5 (0 Reviews)

Analista de conteúdo e marketing da Accenda Digital

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *