RH Digital

O RH digital é um tema importante para muitos profissionais da área, já que a evolução digital tem o potencial e a capacidade de transformar o RH como o conhecemos.

Mas, embora seja natural conversar sobre a transformação digital no RH, as coisas ainda estão engatinhando quando falamos na implementação do RH digital.

O que é RH Digital?

O RH digital ou transformação digital do RH é o processo de alteração dos processos operacionais do RH para uma automação orientada para dados.

De acordo com o relatório de Tendências de Capital Humano da Deloitte de 2017:

“As equipes de RH enfrentam o duplo desafio de transformar as operações de RH, por um lado, e transformar a força de trabalho e a maneira como o trabalho é feito, de outro”.

Então, ao invés da evolução digital de RH ser apenas para o RH, é uma mudança que envolve a empresa como um todo. Ou pelo menos deveria, para que seja bem sucedido.

Por que transformar o RH?

RH digital

Como regra geral, qualquer transformação de RH, seja ela digital ou não, deve ocorrer com um objetivo claro em mente e deve fazer sentido nos negócios.

Muitas vezes, as empresas parecem ceder à pressão dos colegas; seus concorrentes todos já o fazem, então eles sentem que precisam fazer algo também.

Mas, digitalizar certos processos de RH apenas por causa disso, nunca é uma boa ideia.

Isso leva à implementação de uma tecnologia (cara) que não atende às necessidades reais da empresa.

Quais fatores são necessários para uma evolução digital bem-sucedida?

Existem inúmeros exemplos que mostram como o RH digital está (lentamente) se transformando. Veja alguns deles:

A Unilever está mudando radicalmente seu processo de contratação. A empresa está experimentando outros meios como mídias sociais, jogos online e inteligência artificial para digitalizar ainda mais o recrutamento.

Outro exemplo é a Jeanne Meister, da Cisco. A empresa organiza hackathons para construir novos produtos de RH Digital – como o aplicativo YouBelong @ Cisco e Ask Alex.

O primeiro ajuda os novos contratados e seus gerentes durante o período de integração e o segundo é um aplicativo de comando de voz que fornece respostas rápidas a várias perguntas de RH sobre política de feriados, despesas, etc.

A IBM é bem conhecida por seus experimentos para impulsionar novas soluções no RH digital.

A empresa de tecnologia americana lançou – entre muitas outras coisas – uma plataforma de aprendizado digital que proporciona aos funcionários uma experiência totalmente personalizada.

Os estágios da evolução digital do RH

Como você deve imaginar, uma empresa não passa de pouco digital para totalmente digital da noite para o dia. Esses tipos de mudanças – verdadeiras transformações, na verdade – levam tempo.

Existem seis estágios para chegar ao RH Digital:

  1. Trabalho habitual – Este é bastante auto-explicativo.
  2. Presente e ativo – Vários experimentos em toda a organização impulsionam a alfabetização digital e a criatividade.
  3. Formalização – é aqui que entra a relevância dos negócios. Se não for relevante para o negócio, a liderança não deve apoiá-lo – embora esse não seja sempre o caso, infelizmente.
  4. Estratégia – Indivíduos percebem o poder da colaboração. Seus esforços e insights compartilhados levam a novos roteiros estratégicos.
  5. Convergência – É onde uma equipe de transformação digital dedicada é formada para orientar as estratégias e as operações da empresa.
  6. Inovadora e adaptável – A transformação digital torna-se o novo “trabalho habitual” e um novo ecossistema é formado.

Quando chegamos ao sexto e último estágio de uma evolução digital, a mentalidade da organização já mudou completamente.

De que forma isso acontece?

6 passos para transformar o RH digital 1

Uma mentalidade digital envolve mais do que pessoas simplesmente adotando várias plataformas e tecnologias digitais.

Isso significa que eles estão cientes – e aceitando – o fato de que a mudança mundial é constante e que, para que um negócio tenha sucesso, ele precisa continuar se adaptando a essa mudança.

Enquanto você lê isso você pensa: na teoria é legal, mas como iniciar isso na prática? Aqui estão algumas dicas para um início bem-sucedido:

1.       Estabeleça um objetivo claro
2.       Coloque todos à bordo
3.       Não complique, simplifique
4.       Priorize ideias
5.       Avalie o desempenho
6.       Modifique a cultura

Entenda mais sobre cada um deles!

1. Estabeleça um objetivo claro

Novamente, antes de partir para uma grande jornada transformadora de RH, primeiro estabeleça uma meta bem definida que faça sentido a partir de uma perspectiva de negócios.

Na maioria das vezes, esse objetivo será resolver um problema enfrentado pelos funcionários.

É por isso que, em um processo de transformação de RH Digital, o foco deve estar sempre no funcionário como usuário final.

Além disso, você deve permitir que seus funcionários testem qualquer nova tecnologia antes de implementá-la.

2. Coloque todos à bordo

Isso significa todas as partes interessadas, desde funcionários até a diretoria executiva.

Quando se trata de uma evolução digital de RH – algo que afetará toda a organização – você precisa de todo o apoio que puder obter para que ela se torne um sucesso!

3. Não complique, simplifique

Comece pelo simples e pequeno. Olhe para as áreas de seus processos de RH que poderiam se beneficiar de uma evolução digital (pré-seleção e recrutamento, integração, aprendizado e desenvolvimento, gerenciamento de folha de pagamento e assim por diante).

Fale sobre isso com seus funcionários e os membros do C-suite. Pergunte a eles o que eles acham que deveria ser uma prioridade no RH Digital.

4. Priorize ideias

Isso, sem dúvida, resultará em uma longa lista de ideias. Priorize-as com base no impacto e no esforço.

O primeiro significa o impacto comercial da digitalização das ideias, e o segundo, o tempo e o dinheiro necessário para que as ideias se tornem digitais.

Comece com as ideias de alto impacto e baixo esforço. Elas ajudarão você a criar cases de negócios para o RH digital.

5. Avalie o desempenho

Tentar implementar tecnologias digitais é um ótimo primeiro passo, mas não faz muito sentido nos negócios se não analisarmos os resultados obtidos a partir deles.

Por isso, precisamos avaliar criticamente o que funciona e o que não funciona.

Afinal, a única maneira de avançarmos é resolver problemas reais com soluções tecnológicas que realmente resolvam esses problemas.

6. Modifique a cultura

A tecnologia sozinha não é suficiente para uma evolução digital de RH. O desafio é transformar a mentalidade de todos os envolvidos. E isso tem tudo a ver com gestão de pessoas e a cultura da sua empresa.

Desde as novas pessoas que você contrata, através de sua força de trabalho atual até o nível mais alto, uma mentalidade digital – no sentido mais amplo da palavra – é essencial para uma transformação bem-sucedida.

Conclusão

Quer você queira ou não, a transformação para o RH Digital não é opcional. Em um mundo que está se digitalizando em um ritmo acelerado, o RH e os colaboradores simplesmente não podem ficar para trás.

Com a implementação da evolução digital no RH, o resultado será menos perda de tempo com atividades operacionais e mais foco no bem-estar, interação e satisfação dos colaboradores.

Outros artigos de interesse:

E você já iniciou a implementação na sua empresa? Conte sua experiência abaixo!

Fontes:

HR Digital Transformation: The 6 Stages of Sucessful HR Transformation – Digital HR Tech
Conheça os impactos da transformação digital no RH – Appus

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *