Nesse artigo iremos aprender:

dicas de SEO

Imagine se você conseguisse tráfego só publicando textos no seu site?

Se em cada clique de um usuário, você gerasse engajamento com facilidade?

E, no fim de tudo isso, transformasse esses usuários em fãs e seguidores da sua marca. Ou – melhor ainda – que se tornassem clientes recorrentes. Quão incrível isso seria?

Mas, isso agora parece um sonho muito distante, não é mesmo?

  • Suas taxas de rejeição são altas
  • O tempo de permanência na página é muito curto
  • Suas taxas de conversão são baixíssimas

Você está prestes a desistir e jogar tudo pro alto.

Mas, não precisa ser assim:

Logo você vai descobrir o segredo dos melhores redatores de SEO!

E tudo o que você precisa fazer para aprendê-las é descer a página.

Neste artigo, mostrarei exatamente o que você precisa fazer para criar conteúdo rico em SEO que irá converter como nunca. 

Assista ao vídeo abaixo para obter dicas e exemplos exclusivos que você não encontra em nenhum outro lugar

# 1: Conecte seu leitor com uma pergunta 

Você sabe o que é incrível na psicologia humana?

Eu não sabia disso, mas quando soube disso, fiquei em choque. E isso transformou a forma que utilizo as estratégias de SEO.

O que é?

É que as pessoas são programadas para encontrar as respostas para as perguntas que fazem. O cérebro humano sempre procurará completar o ciclo de informações.

Sabe por que isso acontece? 

É porque nosso cérebro é desenvolvido para encontrar uma resposta e solução para tudo, um encerramento. 

Quando seu cérebro lê uma pergunta ele automaticamente procura por uma resposta. 

E a melhor parte disso tudo?

Isso acontece inconscientemente e a maioria das pessoas nem percebe que isso está acontecendo com elas. 

… você percebeu que eu venho fazendo isso com você desde o início deste artigo?

Mais adiante neste artigo, mostrarei como tirar proveito desse gatilho usando uma técnica chamada “open loops”.

Mas, primeiro quero que você entenda como as perguntas são ferramentas poderosas.

Você pode usar perguntas específicas como:

  • Você está lutando para perder peso?
  • Você sabe por que 99,9% das pessoas não conseguem ganhar dinheiro online?
  • Você já desejou poder sair do seu emprego e viajar pelo mundo?

Ou você pode pedir fazer perguntas que levam à reflexão como:

  • Esse comportamento lembra você?
  • Parece loucura, certo?
  • Qual é a pior coisa que poderia acontecer?

Perguntas como essas dão ao leitor uma razão subconsciente para continuar lendo.

E esse é o seu trabalho como redator de SEO.

# 2: Construa as ideias e reforce-as

Esse foi oficialmente o meu subtítulo favorito de desenvolver; muito provavelmente porque é uma das minhas estratégias favoritas.

São necessários três passos:

  1. Situação desejada: deixe-os imaginar onde eles querem estar.
  2. Situação atual: traga-os de volta à Terra.
  3. Ofereça uma ponte: crie uma ponte entre as duas situações e posicione seu artigo como a solução.

Você encontrará redatores que tendem a se concentrar apenas em uma etapa deste processo.

Mas, são necessários os três para criar uma introdução verdadeiramente eficaz.

Na verdade, eu usei essa técnica na introdução deste artigo para fazê-lo se envolver com o post.

Nas primeiras frases, construí sua situação desejada:

No segundo passo, eu fiz você olhar para a sua situação atual e encarar a sua dor:

Posiciono este artigo como a ferramenta necessária para preencher a lacuna entre os dois:

Simples, certo?

Eu dei a você a sensação de que você definitivamente está no lugar certo e que irei solucionar seus problemas.

Isso acontece porque existe:

✔️Correspondência da consulta de pesquisa

✔️Emoção na forma de falar

✔️Desenvolvimento de perguntas

✔️Colocação de promessas

✔️Conteúdo bem estruturado

Você pode usar essa técnica para fazer com que seus usuários/leitores devorem o restante do artigo.

Aqui está uma lista de dicas para ajudar você a fazer isso. Basta preencher os espaços nos colchetes!

Dicas de gatilhos para copywriting

Imagine que você poderia [situação desejada]. Quão boa seria sua vida?

Se você pudesse [pintar uma imagem do mundo ideal deles. O que eles buscam incansavelmente para ter ou ser].

Mas, agora, aqui está você. Sem nada disso.

[Pinte o quadro da situação atual]. O que deu errado?

Mas, não precisa ser assim:

Existe uma maneira de começar [assunto]. E não é tão difícil de fazer por si só.

Todas as respostas que você precisa estão aqui neste artigo. Para conseguir chegar lá, você só precisa ler.

Exemplo de introdução 

“Imagine que você poderia ganhar muito dinheiro através do seu blog. Quão bom seria?

Você pode levantar a tampa do seu laptop, escrever algumas postagens no blog, conectar-se com seus leitores – depois sentar, relaxar e assistir o dinheiro entrar. É o sonho, certo?

Mas agora, aqui está você. Sentado em frente ao seu laptop, lendo este artigo, desejando que essa fosse sua vida.

Você já tentou todos os cursos. Você assistiu todos os seminários on-line. E nada.

E enquanto parece que todo mundo pode ganhar a vida com blogs – você está lutando para chegar lá sem sucesso. 

Mas, não precisa ser assim:

Existe uma maneira de começar a monetizar seu blog. É de graça e você encontrará todas as respostas aqui neste artigo.

Tudo o que você precisa fazer é rolar para baixo…

# 3: Trabalhe a psicologia do seu leitor com open loops 

No início deste artigo, mencionei duas coisas:

Que todos os seus leitores compartilhem o mesmo gatilho psicológico. 

Você pode tirar vantagem disso usando uma técnica chamada “loop aberto”

Esses loops abertos são uma das maneiras mais poderosas de manter as pessoas na sua página.

Eles podem:

✔️Aumentar drasticamente o tempo de espera

✔️Reduzir as taxas de rejeição

Esses dois fatores podem contribuir para a posição de classificação do seu conteúdo. Mas como eles funcionam?

Os loops abertos seguem uma fórmula bastante simples de duas etapas:

  1. Abra o ciclo: provocando algum conteúdo interessante que será lançado mais tarde
  2. Feche o loop: incluindo esse conteúdo posteriormente no texto

Quando você vê o layout dessa maneira, é normal pensar que você é imune a técnicas como essa.

Eu tenho usado loops abertos neste artigo para mantê-lo conectado e talvez você nem tenha percebido. Quando eu disse:

Mais adiante neste artigo, mostrarei como tirar proveito desse gatilho usando uma técnica chamada “open loops“.

Eu criei um open loop para atrair seu interesse. Então esta seção fechou.

Essa é uma técnica usada por contadores de histórias há anos!

Veja como J.J Abrams fala sobre “open loops” ou “caixa misteriosa” na mídia moderna:

Essa é uma das ferramentas mais poderosas que os redatores de SEO utilizam. Mas…

Não é nem o melhor da lista. Estou guardando isso para um pouco mais tarde. Então, você terá que ficar por aqui para descobrir o que é.

Primeiro, veja porque você nunca deve guardar seu melhor conteúdo para o final…

# 4: Ignore o conselho do seu professor de redação 

Professores de redação no mundo todo dizem a mesma coisa:

“A boa escrita deve começar devagar e chegar a um final surpreendente.”

Parece um conselho de bom senso, certo? Se você está escrevendo um livro, não deve começar pelo final. Mas, você não está escrevendo um romance; você está escrevendo conteúdo para a internet.

O problema com o público on-line é que menos de 30% deles chegam ao fim.

Se você escrever da maneira que seu bem-intencionado professor de gramática e redação te ensinou, seu melhor conteúdo será desperdiçado.

Ao invés disso, é melhor começar com seu melhor conteúdo.

Dê uma olhada no meu post no blog de auditoria de SEO.

Logo de cara eu já trago um resumo dos passos necessários para conseguir um bom rankeamento:

Fazer isso pode parecer suicídio para o meu post. Afinal, eu já compartilhei o conteúdo que as pessoas buscavam desde o início.

Mas fazer isso realmente cria um open loop e constrói confiança…

Por mais que tenha revelado o passo, ainda não passei exatamente como fazer isso.

A única maneira de descobrir isso é lendo o post.

Esse hack se aplica a todos os principais tipos de postagens. Por exemplo:

  • Como fazer: dê ao leitor uma amostra do que aprenderá
  • Listas: coloque suas listas em ordem decrescente de qualidade
  • Estudo de caso: mostre seus resultados logo no início (prova social)

É mais provável que seu melhor conteúdo prenda os leitores por mais tempo do que seu conteúdo mais fraco, portanto, se preocupe com o que for colocar na introdução.

# 5: Faça isso para enganar os leitores exigentes 

Fato curioso:

55% dos leitores lerão sua postagem por 15 segundos ou menos. Por quê?

Porque a internet criou uma cultura de leitura superficial. As pessoas acessam os artigos e rapidamente rolam a página para decidir se vale a pena ler.

Mas, quais parâmetros eles usam para decidir se vale a pena ler uma postagem?

Simples…

Eles se baseiam nos subtítulos de sua postagem. Pense desta maneira:

  • Seu título leva alguém a clicar em sua página
  • Seus subtítulos os convencem a ficar

Cada um de seus subtítulos “vende” o seu artigo, por isso ele deve ser convincente e resumir o que virá no trecho a seguir. Se for bom o suficiente, eles vão morder a isca e irão ler.

Isso significa que o subtítulo precisa ser:

  • Provocativo
  • Relevante

Subtítulos provocativos instigam.

Digamos que você esteja escrevendo um artigo sobre…

Por que você precisa de uma máquina de café espresso portátil.

Você pode criar alguns subtítulos fascinantes, como:

  • Como meu Nano-Espresso salvou minha vida
  • A única maneira de fazer café no meio do nada
  • Como fazer um café usando água do rio?

Cada subtítulo aqui tem um aspecto de mini-manchetes e fazem leitor parar e pensar: “Quero saber mais!”

Subtítulos relevantes são um pouco mais práticos.

Eles descrevem com precisão o que o leitor está prestes a ler; isso os torna uma ótima ferramenta para contar histórias, além de ser excelente para leitura dos algoritmos do Google.

Dê uma olhada neste artigo que desenvolvemos com 26 passos para otimizar anúncios no Google:

Os subtítulos contam a história passo a passo do conteúdo do artigo.

Isso torna mais fácil para os leitores:

✔️Saber do que se trata o conteúdo

✔️Ver como eles podem iniciar a implementar

Varie esses dois tipos de subtítulos nos seus artigos e veja qual deles têm mais impacto no seu público.

Depois de atualizar seus subtítulos, será muito mais fácil usar esse próximo gatilho…

# 6: Crie um índice clicável 

O índice pode ser três das palavras mais chatas do planeta.

Mas…

Adicionando um sumário como este:

Pode transformar e melhorar sua estratégia de SEO.

Desde que os adicionei isso às minhas postagens, vi um grande aumento em:

  • Tráfego no mecanismo de pesquisa
  • Taxas de cliques
  • Tempo de espera

Os primeiros benefícios vieram do impacto do índice nas SERPs do Google. Ao adicionar um sumário como esse, você também adiciona links clicáveis aos seus resultados na página do Google.

Assim:

Isso tem dois efeitos incríveis:

  1. O Google vê isso como uma melhor experiência para o usuário e aumenta seus rankings
  2. Os usuários têm a opção de clicar na seção mais relevante para eles.

O aumento da taxa de cliques dos usuários também impulsiona seus rankings.

Nada mal, certo?

O benefício final é que eles ajudam a criar um gancho para seus leitores.

Se você criar subtítulos poderosos como explicamos na última seção, poderá motivar seus leitores a ler o artigo completo.

Quer saber a melhor parte?

Criar seu índice é gratuito.

Tudo o que você precisa fazer é baixar um plugin do WordPress como o Table Of Contents Plus. Uma vez instalado, ele fará a maior parte do trabalho para você.

Ok, estamos chegando perto do melhor hack da lista.

Mas há apenas mais uma lição que quero te ensinar antes de chegarmos a ele…

# 7: Use palavras poderosas para despertar emoções 

Palavras poderosas têm a capacidade de despertar emoções que nem sabemos.

Quando seus leitores leem, não conseguem deixar de sentir alguma coisa.

Pode ser:

  • Felicidade
  • Tristeza
  • Animação
  • Raiva
  • Curiosidade
  • Desgosto
  • Alegria

A lista continua…

A única coisa que ele não irá sentir é descaso. Ele não será apático ao seu conteúdo, ele irá interagir e demonstrar emoções. 

Você pode usá-los em: 

✔️Títulos

✔️Subtítulos

✔️Introduções

✔️Call to Action

Para provocar emoção e ação.

Ok, agora é a hora do momento que você estava esperando.

# 8: Otimize seu conteúdo para atrair a atenção 

Pense sobre isso:

Seu público tem apenas uma quantidade limitada de atenção a cada dia. Eles gastam a maior parte disso em:

  • Tomando uma decisão
  • Trabalhos
  • Família
  • Amigos
  • Netflix

Basicamente, eles não têm muito tempo e nem atenção para ler seu conteúdo.

Isso significa que seu trabalho número 1 como criador de conteúdo é o seguinte:

Diga mais com menos.

Você precisa criar um conteúdo que seja:

✔️Curto

✔️Fácil de ler

✔️Leve

✔️Direto ao ponto

Você pode conseguir isso reduzindo a quantidade de palavras.

Se você ler este blog, verá que não há enrolação.

Não há nada aqui que não precise estar aqui; isso é a eficiência das palavras.

Neste blog, você raramente verá:

  • Parágrafos com mais de cinco frases
  • Listas muito longas
  • Descrições exageradas
  • Frases longas

Chamo isso de otimizar a eficiência da atenção.

Com menos palavras, você poderá aprender mais rapidamente.

Da próxima vez que você criar uma postagem, coloque apenas o que for indispensável de uma forma leve e você verá a resposta positiva do seu público.

Um truque simples para torná-lo mais eficiente 

Deseja se tornar exageradamente eficiente em sua escrita?

Da próxima vez que você quiser escrever, imagine que cada palavra custa 10 reais para publicar:

  • Ao escrever, tente gastar o mínimo de dinheiro possível
  • Ao editar, tente economizar o máximo de dinheiro possível

Isso fará com que você pense em quantas palavras realmente precisa.

#9: O método APP 

Esta é a introdução do artigo da lenda do SEO Brian Dean.

O método é simples:

  • Reconheça e concorde: reconheça o problema do leitor e concorde com ele.
  • Faça uma promessa: faça uma promessa sobre como resolver o problema.
  • Dê uma pré-visualização: dê uma amostra do que ele verá no artigo.

Aqui está um infográfico para tornar isso ainda mais claro…

Essa estrutura é útil para aumentar o tráfego. Se você utilizar os gatilhos emocionais certos, o leitor poderá concordar com você em segundos.

Veja este exemplo no blog do Stencil:

O primeiro passo atinge um problema comum; como escrever bons tweets.

Ele cria uma conexão com o leitor, pois reconhece que é realmente difícil.

Então o escritor:

✔️Mostra empatia

✔️Promete que irá ajudar nisso até o final do artigo

✔️Antecipa o que eles vão aprender

Dê uma olhada:

Simples. Emocional. Eficaz.

Aqui abaixo está um template para ajudar você a criar suas próprias introduções…Substitua as informações nos colchetes.

Template do Método APP 

Tenho certeza de que você concorda comigo quando digo:

Fazer [assunto] é realmente [emoção ou situação ruim].

Não é?

Bem, acontece que [alcançar a situação desejada] pode não ser tão [emoção] quanto você imaginou. Tudo que você tem que fazer é [solução].

Neste artigo, mostrarei exatamente como eu [alcancei a meta / obtive resultado].

Se você quiser saber mais, tudo o que você precisa fazer é ler…

# 10: Explore a psicologia humana

Entenda:

Os seres humanos são curiosos.

Não aguentamos ler uma frase pela metade…

… e não ver como ela termina.

Podemos quebrar frases importantes usando:

  • Dois pontos
  • Reticências

Você pode capturar e prender a atenção do seu público, que terá um impacto direto no tempo de permanência.

Essa estratégia também podem ser impulsionadas quando usadas com frases como:

  • Mas espere, tem mais…
  • Fica melhor:
  • Deixe-me explicar…
  • Agora, há mais um ponto que preciso enfatizar:
  • Sim, você leu certo…

Pode ser difícil saber onde colocá-los em seu conteúdo.

Tente usar o Google Analytics para procurar páginas que as pessoas menos acessam ou permanecem pouco tempo lendo seu conteúdo.

Certamente serão seções que contêm:

✔️Conteúdo técnico

✔️Descrições longas

✔️Etapas de tutorial complexas

Uma vez identificado, coloque a estratégia em prática e veja se as pessoas ficam por mais tempo nas suas páginas.

# 11: Faça com que suas palavras-chave da cauda longa soem naturais 

As palavras-chave de cauda longa são excelentes para direcionar o tráfego de pesquisa. 

Por mais improvável que pareça alguns assuntos como:

  • “Como faço para tirar água do iPhone?”
  • “Tratamento para cachorro que anda em círculos”
  • “Como eu faço para perder barriga”

Mas, as pessoas pesquisam esses termos todos os dias.

Isso pode dificultar a inclusão direta deles no conteúdo do site. 

A solução?

Faça com que pareçam naturais.

As palavras-chave de correspondência exata são ideais, mas elas não criam uma boa experiência do usuário.

O Google se preocupa mais com a experiência do usuário do que basicamente todo o resto, exceto backlinks.

Os robôs do Google também são inteligentes o suficiente para interpretar suas palavras-chave com algumas palavras entre elas.

Contanto que você garanta que sua palavra-chave seja reconhecível, você terá sucesso.

Aqui está o que eu quero dizer:

Palavra-chave: como faço para tirar água do iphone

Nova palavra-chave: retire a água do iphone

Palavra-chave: tratamento para cachorro que anda em círculos

Nova palavra-chave: cachorro andando em círculos

Palavra-chave: como eu faço para perder barriga

Nova palavra-chave: como perder barriga

É simples assim.

# 12: Corrija códigos quebrados

O Google foi criado para ler qualquer tipo de HTML.

Ele pode ler qualquer código, desde que seja usado da maneira correta.

Contudo…

Acredito firmemente que ter um código claro impactará positivamente seus rankings.

Em todos os sites que administro, sejam próprios ou de clientes, garanto que não há nenhum código incorreto. Por quê?

Porque um código sem erros significa que seu site é fácil de rastrear e fácil de usar.

Agora…

Você pode achar que não há nenhum código incorreto em suas postagens. 

Mas se você usar um processador de texto como:

  • Google Docs
  • Microsoft Word

E copiar e colar o conteúdo no WordPress, posso dizer com 100% de certeza…

Sua postagem deve estar repleta de códigos ruins. Deixe-me te mostrar.

Dê uma olhada neste trecho de postagem no blog que criei no Google Docs:

Parece bastante padrão, certo?

Bem, vamos passar para o editor do WordPress:

Novamente, isso parece bastante padrão.

Mas se você clicar na aba “Texto” no canto superior direito, poderá ver o seguinte:

Sim.

Por baixo do texto bonitinho, há uma bagunça de códigos ruins. Isso pode não afetar você ou eu ao ler.

Mas, para os rastreadores do Google, isso é um problema.

Existem spam tags em todos os lugares:

E espaços aleatórios em torno de palavras em negrito e itálico.

Antes de publicar um artigo, você deve excluir este código.

Quando estiver pronto, deve ficar assim:

Você pode fazer isso usando um processador de texto.

Use Ctrl + F para abrir a ferramenta “Navegação”.

Para excluir as tags spam, basta copiá-las e colá-las na ferramenta:

Em seguida, clique em “Find All” e use a tecla “delete” para excluir.

Para os espaços em torno das palavras em negrito e itálico, você precisa substituir o código HTML com espaço por um sem espaço.

Se _ representar um espaço, então se tornará .

Depois de fazer essa cópia, cole-a novamente na seção Texto do WordPress.

Você pode voltar e aplicar isso em todas as suas postagens existentes no blog para melhorar a rastreabilidade.

# 13: Escreva para um nível de leitura de ensino médio

A maioria das pessoas que acessa seu site (e no mundo real) não tem um vocabulário tão amplo, de alto nível.

Isso é um fato sobre a maioria da população do mundo e no Brasil isso é ainda mais verdade.

Sabemos que a maioria das pessoas com 25 anos ou mais no Brasil tem o fundamental incompleto, como pode ver abaixo:

Se você está escrevendo acima desse nível, provavelmente está excluindo muitas pessoas em seu público.

E isso significa que eles estarão menos inclinados a:

  • Compartilhar
  • Ler tudo até o final 

Ambos os fatores afetam diretamente as classificações do seu conteúdo.

Isso volta à eficiência da atenção que mencionei anteriormente.

Vamos olhar mais de perto…

Qual destas duas citações é mais fácil de ler?

Citação A
“Quando você começa a aprender um novo idioma, muitas vezes pode ser difícil diferenciar entre os diferentes tons, nuances e inflexões nas vozes das pessoas. Isso ocorre porque todos eles se originam em áreas diferentes, com seus próprios dialetos. Para se tornar proficiente nisso, você precisa investir muito tempo e dedicar períodos específicos ao longo da semana para poder se sintonizar com essa infinidade de formas. Se você estiver interessado em aprender a ouvir um idioma de maneira mais eficaz, faça o download do artigo no link abaixo”

Citação B
“Quando você começa a aprender um idioma, pode ser difícil ouvir. As vozes das pessoas são diferentes e as vezes é difícil entender os sons certos.

Isso ocorre porque cada região tem seu próprio dialeto que muda a forma como as pessoas pronunciam as palavras. Mas não se preocupe, isso pode ser simples de lidar.

Reserve um tempo para praticar a ouvir cada um dos dialetos toda semana e, eventualmente, seus ouvidos começarão a se acostumar com eles! E, se você realmente quer aprender a melhorar, confira nosso artigo abaixo! ”

A citação B é muito mais fácil de ler.

Usa:

✔️Menos palavras

✔️Palavras mais simples

E é escrito em um estilo de conversação.

Mas, como você replica isso em seu próprio conteúdo? 

Bem, o primeiro passo é analisar seus textos.

Abra o documento do Word de uma das suas últimas postagens no blog e abra a guia “Legibilidade”.

Aqui você poderá ver algumas informações sobre suas postagens. Veja a parte de Legibilidade e analise os dados:

Não vou entediar você detalhando isso. Apenas saiba que o “Flesch-Kincaid Grade Level” precisa chegar ao número mais baixo que conseguir.

Idealmente, entre 5.0 e 8.0.

# 14: Otimize suas tags de título

Tags de título são as manchetes que as pessoas veem no Google.

Eles podem ser iguais ao título do seu artigo ou uma variação dele. 

Os SEOs geralmente alteram essas tags de título para conter palavras-chave. Mas…

Você também deve atualizá-los para conter emoções. Especificamente, palavras de poder com carga emocional.

Ao adicionar uma palavra poderosa à sua tag de título, você pode melhorar drasticamente sua taxa de cliques.

Digamos que você quisesse criar uma manchete sobre chapéus da moda para homens.

O título padrão ficaria assim:

10 chapéus imperdíveis para homens neste verão

Agora, vamos torná-lo emocional. Esse tipo de título exige algumas palavras positivas de poder:

  • Imperdível! 10 chapéus incríveis para homens neste verão
  • Veja 10 chapéus imperdíveis para homens neste verão
  • Confira agora 10 chapéus imperdíveis para homens neste verão

Você já pode ver que essa tag de título é mais atrativa do que a anterior.

Mas, você não precisa incluir apenas palavras poderosas no início. Você pode colocá-los em qualquer lugar do seu título:

  • 10 chapéus imperdíveis para homens que querem se sentir sexy
  • Fique no estilo com esses 10 chapéus imperdíveis
  • 10 chapéus TOP para surpreender a crush

Você pode editar suas tags de título usando uma ferramenta de SEO gratuita como o Yoast SEO.

Ele é sincronizado às postagens do seu blog e oferece uma interface simples para editar tudo: 

# 15: otimize as meta descrições para resultados expressivos 

As meta descrições são as caixas de texto anexadas aos seus resultados de pesquisa:

Eles são frequentemente esquecidos e negligenciados.

O Google fala claramente que eles não usam Meta Descrições como um fator de classificação.

Mas isso não significa que eles não afetam seus rankings.

Deixe-me explicar…

Há evidências que mostram que as taxas de cliques influenciam nas classificações.

E as meta descrições podem afetar diretamente sua CTR.

Porque quanto mais:

✔️Sedutor

✔️Envolvente 

✔️Informativo

Eles forem, mais provavelmente os usuários irão clicar no seu conteúdo.

Neil Patel diz que uma boa meta descrição deve ser 5 coisas:

Descritivo: explica o assunto do artigo.

Persuasivo: convence o leitor a clicar.

Atiçar a curiosidade: instiga o seu conteúdo

Baseado em intenção: mostra ao usuário que este é o artigo que ele estava procurando

Aproximadamente 156 caracteres: descrições do tamanho de tweets apresentam melhor desempenho

Meta Descrição 

Abaixo, reunimos alguns exemplos específicos de meta descrições que você pode usar.

Copie, cole e edite-os para caber no seu artigo:

Dicas 

  • Deseja saber como [palavra-chave]? Então você precisa ler este guia! Aqui, você encontrará [X] técnicas simples para ajudá-lo [assunto] sem [situação indesejada].
  • Quer saber como fazer sushi? Então você precisa conferir este guia! Aqui, você encontrará 15 técnicas simples para ajudá-lo a fazer sushi sem bagunça.
  • Quer saber o que fazer em Berlim em um dia? Então você precisa deste guia! Aqui, você encontrará 10 atrações turísticas imperdíveis para visitar em Berlim sem se perder.
  • Quer saber como perder barriga? Então você precisa ler este guia! Aqui você encontrará 10 técnicas simples para queimar gordura sem abrir mão da sua vida.

Listas 

  • [Assunto] te derrubando? Então você está no lugar certo. Esta lista de [X] [coisas] sobre [palavra-chave] fará de você [emoção positiva].
  • Está com dificuldade em escrever meta descrições? Então você está no lugar certo. Esta lista de 10 exemplos de meta descrições fará você decolar!
  • Está difícil aprender espanhol? Você está no lugar certo. Esta lista de 20 dicas de espanhol fará com que você converse rapidamente.
  • Não sabe qual livro ler? Então você está no lugar certo! Esta lista de 8 livros de negócios de sucesso resolverá todos os seus problemas. 

Negócios 

  • Procurando um [tipo de negócio] [local]? Então não procure mais. Somos especialistas em [assunto] e queremos ajudar você a [obter o resultado desejado].
  • À procura de um encanador em Sorocaba? Então não procure mais. Somos especialistas em canalizações e aquecimento e queremos ajudá-lo pelo melhor preço.
  • Procurando comida tailandesa em Campinas? Então não procure mais. Aqui no Try Thai, fazemos comida tailandesa com um toque apimentado que você vai amar!
  • Procurando Mudanças de Móveis em Brasília? Aqui na Transportes Rápidos trabalhamos para agilizar a sua mudança! Clique aqui para saber mais.

# 16: Controle mentalmente seus leitores com uma fonte Serif

As fontes são a linguagem corporal do seu conteúdo.

Suas palavras dizem uma coisa; sua fonte diz outra.

As fontes podem influenciar seu público-alvo: 

  • Causar sentimentos com relação ao post
  • Aumentar ou reduzir o tempo de leitura

Por exemplo, se eu escrevi esta postagem em:

Comic Sans: você levaria menos a sério o conteúdo

Times New Roman: pareceria mais profissional

É assim que sites como o Medium mantêm um “jornal” online.

Se você deseja criar uma emoção específica, vale a pena usar a fonte correta.

A coisa mais importante que você precisa saber é que as fontes com serifa mantêm as pessoas na sua página.

Essas são as fontes com o pequeno movimento na ponta:

A escolha de uma dessas fontes o ajudará subconscientemente a guiar o leitor pela página.

Mas se você não quiser usar uma fonte com serifa, nem tudo está perdido.

Ao invés disso, você precisa substituí-lo por uma fonte MAIOR. Isso torna seu site:

✔️Mais acessível

✔️Mais fácil de ler

✔️Mais provável de converter

Então, a escolha é sua …

# 17: Use a voz ativa 

A voz ativa é uma maneira de escrever com mais clareza.

Dessa maneira usa menos palavras e a legibilidade é muito maior. Perfeito para aumentar a eficiência da atenção que falamos anteriormente. 

Não vou dar uma aula de gramática aqui. (A vida é muito curta!)

Mas fique comigo enquanto explico o que é.

Voz ativa é basicamente escrever como você falaria. Isso tende a estar em sentenças que são:

✔️Curtas

✔️Pessoais

✔️Diretas

Geralmente falamos seguindo esta fórmula:

  • [Assunto] – [Ação] – [Objeto]
  • Andrea faz SEO.
  • Gabriel toca violão.
  • Marcos come pizza.

Mas quando somos ensinados a escrever, fazemos na seguinte ordem:

  • [Objeto] – [Ação] – [Pessoa]
  • O SEO foi feito por Andrea.
  • A guitarra é tocada por Gabriel.
  • A pizza foi comida por Marcos.

Isso é muito menos agradável de ler e leva mais tempo.

Dê uma olhada nesses 2 exemplos e me diga qual é mais fácil de ler.

Este?

O SEO é feito de forma diferente por nossa equipe técnica. Nosso objetivo é encontrar as melhores e mais bem classificadas palavras-chave e usá-las estrategicamente para que seu site possa ser bem classificado pelo Google e ajudá-lo a gerar leads.

Ou este?

Fazemos SEO de forma diferente aqui. Encontramos as palavras-chave com a classificação mais alta e as colocamos estrategicamente em seu site para que você possa ter uma classificação mais alta e gerar novos leads.

Opção 2, certo?

#18: Use a Language Tool para garantir que seu conteúdo seja adequado 

A ferramenta Language Tool é um divisor de águas.

A edição é uma das partes mais importantes das técnicas de SEO. Ajuda a garantir que seu conteúdo seja: 

✔️ Livre de erros

✔️ Bem escrito

✔️ Pronto para o seu público

Não importa quantas vezes você ler o que escreveu, você certamente cometerá erros.

Mas a Language Tool pode ajudá-lo a analisar e encontrar erros:

Aqui está uma rápida recapitulação dos principais tópicos:

  • As introduções são importantes: comece com uma pergunta ou faça uma declaração forte.
  • Salve o melhor para o começo: coloque seu conteúdo de alto valor na parte superior da página.
  • Crie ‘open loops’: prepare o cenário para seções futuras e mantenha as pessoas presas no seu conteúdo.
  • Escreva para alunos do ensino médio: verifique se cada nível é de 5,0 a 8,0 de leitura.
  • Diga mais com menos: otimize a eficiência da atenção.
  • Remova códigos com erro: mantenha seus artigos fáceis de rastrear.

Ok, agora eu quero saber:

Quais são suas técnicas de SEO favoritas?

 Me conte nos comentários abaixo!

Você também pode gostar desses conteúdos:

Fonte: https://bit.ly/2ubY4gs

0/5 (0 Reviews)