auditoria SEO

Siga as dicas de auditoria SEO que listamos a seguir para melhorar o SEO de seu site e aumentar o seu tráfego.

A maioria das auditorias de SEO tem duas coisas em comum:

  • São muito técnicas
  • Levam DIAS (ou até SEMANAS) para fazer

Esta é diferente.

Leva algumas horas e você não precisa ter nenhuma especificação técnica, ser programador ou ter formação em Ciência da Computação para conseguir fazer.

Agora, claro que se seu site conter milhares de páginas, a auditoria pode levar mais do que algumas horas. 

Veja um resumo do que abordaremos no artigo:

Passos 1–4: verifique se há SÉRIOS problemas (que podem estar atrapalhando seu site)

Passos 5–9: descubra problemas fáceis de corrigir;

Passos 10–12: analise o tráfego de pesquisa orgânica (e encontre oportunidades de baixa interrupção);

Passos 13–14: análise de backlink (MUITO importante!);

Passos 15–16: auditoria de conteúdo 

Como você pode ver, o objetivo aqui não é mostrar a você como fazer uma auditoria “técnica” de SEO (o que você pode fazer com praticamente qualquer ferramenta de auditoria de site de SEO).

O objetivo é fornecer uma abordagem abrangente para auditar seu site a partir de uma perspectiva de SEO. Isso significa auditar suas classificações, perfil de backlink, conteúdo existente ou qualquer coisa que possa atrapalhar seu desempenho de pesquisa.

Ferramentas necessárias para o processo de auditoria SEO

Aqui estão as ferramentas mais usadas para auditoria SEO. Elas podem variar de acordo com o gosto de cada um, mas essas são fáceis de usar e costumam fazer boas análises. 

Nem todos são essenciais, mas ajudarão a tornar o processo mais fácil.

Passo 1 – Verifique se apenas UMA versão do seu site é navegável

Em um momento, mostrarei como começar a rastrear seu site em busca de problemas com SEO.

Mas primeiro, você precisa verificar se apenas uma versão do seu site é navegável.

Considere todas as maneiras que alguém pode digitar o endereço do seu site em um navegador (ou link para ele).

Por exemplo:

http://seudominio.com.br
http://www.seudominio.com.br
https://seudominio.com
https://www.seudominio.com

Apenas UM desses deve estar acessível em um navegador. Os outros devem ser redirecionados para a versão principal.

Por exemplo, se digitarmos a versão HTTP na barra de endereços, ela deve ser redirecionada automaticamente para a versão HTTPS.

Dica: Use https:// (e não www), pois há um leve aumento nos rankings para sites com SSL ativado.

Além disso, também mantém seu site seguro e aumenta a confiança.

Você pode obter um certificado SSL gratuito para seu site em Let’s Encript.

Passo 2 – Faça o rastreamento do website

Inicie o rastreamento do website.

Um rastreador de SEO nos dá algumas informações úteis sobre a estrutura e configuração atual de SEO.

Existem algumas ferramentas de auditoria de site SEO capazes de fazer isso, como

Ambas são ótimas opções, mas no Ahrefs, você tem uma ferramenta completa de auditoria.

Siga esse passo a passo para iniciar o processo de auditoria:

Auditoria do site > Novo projeto> Colar domínio na seção “Escopo e sementes” > Desmarque todos os redirecionamentos 301.

Clique em Próximo. 

Na maioria das vezes, você pode deixar o restante das configurações como está.

Mas eu recomendo alterar o status Verificar HTTP de links externos e mudar as opções de JavaScript (em Configurações de rastreamento) para “ativado”.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 1

Isso garantirá que o Site Audit também verifique todos os links externos em seu site e quaisquer links JS.

Quando terminar, clique em “Criar projeto”. A Auditoria de site da Ahrefs começará a funcionar em segundo plano enquanto continuamos com a auditoria.

Etapa 3 – Verifique o Google em busca de problemas de indexação

Não sendo indexado no Google = sem rankings … nunca! Para verificar se o seu site está indexado, vá para:

Google Search Console> Índice do Google> Status do Índice.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 2

Não use o Google Search Console?

Não se preocupe, pesquise no Google usando o “site:seudominio.com”

Exemplo:

site: accendadigital.com.br

Isso também informará quantas páginas o Google indexou para seu domínio. Isso nem sempre é tão preciso quanto o Search Console, mas funciona. 

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 3

Para o Google, até o momento que escrevemos esse artigo, tínhamos 904 páginas indexadas.

Não encontrou nenhuma página sua indexada?

Se você não encontrar nenhum resultado para essa pesquisa, terá problemas.

Isso significa que nenhuma página do seu site está indexada, o que significa nenhum tráfego orgânico.

Isso geralmente é causado por um cabeçalho HTTP trapaceiro x-robots-tag.

Para verificar isso, você precisará acessar o arquivo header.php, .htaccess ou de acesso ao servidor do seu site.

Vale a pena cruzar esse número com o número de páginas internas encontradas durante o rastreamento do site (aquele que configuramos no Passo 1).

Para fazer isso, vá para:

Auditoria do site> Projeto> Páginas internas.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 4

Etapa 4 – Verifique se você está classificado com o nome da sua empresa

Vá para o Google e pesquise o nome da sua empresa.

A menos que seu site seja muito novo (ou a marca seja uma frase muito genérica), seu site deve ser o primeiro resultado orgânico.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 5

Se você não se classificar na posição 1, mas se classificar mais abaixo nos resultados, provavelmente o Google acredita que outro site é o resultado mais apropriado para esse termo do que o seu.

Esse é um dos problemas que você enfrenta quando usa uma palavra genérica como nome da sua marca; pode ser difícil classificar porque a maioria das pessoas não quer ver seu website ao pesquisar um termo informativo.

Então, qual é a solução? Mudar nome da marca ou fortalecer seu link building.

Isso significa:

  • Construir alguns links fortes da marca;
  • Executar campanha de assessoria de imprensa (ou seja, ser mencionado e vinculado a sites grandes e conhecidos)
  • Criar citações em diretórios de negócios;
  • Garantir que o site tenha uma uma ficha no Google Meu Negócio
  • Garantir que o site esteja presente em todas as principais redes sociais.

Faça isso e você deve subir lentamente nos posicionamentos. 

Lembre-se, a intenção do pesquisador leva ao resultado número 1.

Se a maioria das pessoas que pesquisarem o termo  estiver procurando por sua empresa, o Google começará a rebaixar os outros sites e o levará ao topo.

Mas e se você não estiver nas SERPs?

Se você descartou problemas de indexação, então eu diria que isso é uma forte indicação de problemas mais profundos, de algoritmos por exemplo.

Recomendo que você verifique o Google Search Console em busca de qualquer problema.

Passo 5 – Execute manualmente algumas verificações de SEO no Page

Vamos começar verificando alguns fundamentos da página.

Eu recomendo começar com a página inicial, mas você também deve fazer isso para outras páginas importantes do seu site, ou seja, as que atraem mais tráfego orgânico. 

Se você usou o Site Audit do Ahrefs para executar o rastreamento, poderá verificar facilmente acessando:

Auditoria do site> Projeto> Páginas internas> Classificar por tráfego orgânico.

Para facilitar as coisas, analise com base em algumas perguntas:

  1. A página tem uma H1 bem trabalhada?
  2. Existe uma meta descrição personalizada? É otimizada para maximizar os cliques?
  3. Existe apenas uma H1? 
  4. Subheaders (H2, H3, etc) estão sendo usadas corretamente?

Passo 6 – Analise outros problemas de página no relatório de rastreamento

É hora de aprofundar e corrigir quaisquer outros problemas importantes na página AhRefs.

Auditoria do site> Projeto> Páginas internas> Tags HTML.

Aqui você verá uma lista de todos os problemas na página encontrados durante o rastreamento.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 6

Eu recomendo corrigir quaisquer erros antes de passar para a próxima etapa.

Você também pode verificar os relatórios sociais, qualidade do conteúdo e links externos para garantir que todos os problemas na página sejam corrigidos.

Passo 7 – Verifique se há conteúdo duplicado

Google Odeia conteúdo duplicado. O conteúdo duplicado em várias páginas do seu site é ruim para o seu posicionamento, mas quando é duplicado de outros sites, é ainda pior.

Encontre conteúdo duplicado em seu site, seguindo esse caminho:

Auditoria do site> Projeto> Páginas internas> Qualidade do conteúdo.

Procure por “Duplicate pages without canonical” erros.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 7

Você pode encontrar facilmente possíveis problemas de conteúdo duplicado na Web com o Copyscape.

Digite uma URL e ele irá listar os resultados duplicados.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 8

Se a ferramenta acusar plágios genéricos, com termos gerais e comuns a qualquer site não há nada com o que se preocupar, mas se forem trechos muito específicos e completos de textos do blog, você deve ficar atento.

O problema é que o Google pode ficar confuso sobre quem é o autor original do conteúdo e classificar mal a página.

Se você encontrar qualquer conteúdo “roubado” ou repetido, verifique se eles vinculam de volta ao conteúdo original em seu site a partir da versão duplicada.

De qualquer forma, o conteúdo duplicado não é o único problema relacionado ao conteúdo que você deve verificar.

Conteúdo fraco (ou seja, páginas com muito pouco conteúdo escrito) também podem ser um problema.

Isso porque eles fornecem pouco ou nenhum valor, e muitas vezes têm dificuldade em se classificar como resultado.

Você pode usar uma ferramenta como esta para verificar o conteúdo manualmente.

Digite a URL e ele dará a contagem de palavras.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 9

Nesse caso, a quantidade está excelente. Caso tenha dado baixo teor de palavras você deverá criar mais conteúdo de valor para melhorar o seu posicionamento. Geralmente a ferramenta só alerta quando há conteúdo com menos de 50 palavras.

Passo 8 – Verifique se o seu site (e páginas individuais) carregam com agilidade

Já sabemos que a velocidade do site é um dos muitos fatores de classificação do Google.

Um site com carregamento rápido oferece uma experiência melhor ao usuário do que um site de carregamento lento.

Por isso, é sempre uma boa prática garantir que seu site seja carregado o mais rapidamente possível.

A ferramenta PageSpeed Insights do Google é um bom ponto de partida para isso, mas nem sempre é tão eficiente. 

Por isso, recomendo usar uma ferramenta diferente, como:

Para saber mais sobre a importância da velocidade de carregamento da página consulte este material.

Passo 9 – Verifique erros de dados estruturados

A próxima etapa do nosso processo de auditoria será testar todos os dados estruturados que o site possa conter e garantir que ele esteja adequado.

NÃO TEM CONHECIMENTO SOBRE DADOS ESTRUTURADOS?

Veja um exemplo de como isso pode parecer nas SERPs:

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 10

NOTA. Existem muitos tipos de marcação estruturada, por isso vale a pena consultar o Guia de dados estruturados do Google.

Exemplos de conteúdo que podem se beneficiar da inclusão de dados estruturados incluem:

  • Reviews;
  • Informação do produto;
  • Eventos

Mas você pode marcar qualquer tipo de conteúdo até certo ponto (apenas não envie spam).

Podemos usar a Ferramenta de Teste de dados estruturados do Google para testar dados estruturados existentes.

Cole a URL que você deseja testar e clique em “Executar teste”.

O Google avaliará os dados estruturados da página e listará os erros.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 11

Em caso de erro, corrija o que ele indicar sempre que possível.

Passo 10 – Analise o tráfego de pesquisa orgânica

Claramente, qualquer auditoria SEO visa identificar formas de aumentar o tráfego de um site.

Por isso, faz sentido dar uma olhada em como o site está funcionando atualmente.

Use o Google Analytics para dar uma visão geral rápida. Primeiro, veja o tráfego de pesquisa orgânica atual do site.

Nesse exemplo abaixo, os dados de março de 2018 mostram uma média de cerca de 1.800 visitantes por dia de pesquisa.

Aquisição> Visão geral> Pesquisa orgânica.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 12

No mesmo relatório, podemos clicar em “Página de destino” para descobrir quais páginas estão trazendo atualmente o maior tráfego de pesquisa.

Uma ampla disseminação de páginas de destino (nesse caso, há 269) sugeriria que o site está com um resultado razoável.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 13

Vale a pena analisar também outros anos para ver se o tráfego orgânico está aumentando ou diminuindo, no geral.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 14

Se estiver aumentando, isso significa que você tem feito um bom trabalho.

Por fim, vamos ver o tráfego por semana. Estamos à procura de picos ou quedas visíveis no tráfego.

Aqui podemos ver algumas pequenas quedas na mesma época todos os anos, no Natal.

Neste caso especialmente não tem nada de errado, uma vez que as pessoas estão se divertindo de férias e acessando menos sites.

É claro que, em outros casos, uma queda no tráfego pode levar a quedas no posicionamento.

Passo 11 – Verifique se as classificações estão indo na direção certa

O Google Analytics informará quanto tráfego de pesquisa orgânica você está recebendo, mas não dirá como seus rankings estão progredindo.

Vamos usar o Site Explorer do Ahrefs para verificar isso.

Site Explorer> Digite domínio> Visão geral.

Clique na guia Pesquisa orgânica e dê uma olhada em palavras-chave orgânicas.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 15

Parece que os rankings estão em crescendo. Então, nada para se preocupar aqui.

Se você verificar um declínio, isso provavelmente significa que suas classificações estão diminuindo continuamente.

Isso pode acontecer por vários motivos, como por exemplo, conteúdo desatualizado, penalidade do Google, etc.

Você também pode garantir que as classificações de palavras-chave específicas estejam na direção certa com o relatório “Palavras-chave orgânicas”.

Acerte o ícone do gráfico e ele mostrará como seus rankings flutuaram ao longo do tempo.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 16

Parece que terminamos de analisar o ranking de “auditoria SEO!” 🙂

E lembre-se, se você quiser acompanhar classificações de palavras-chave específicas à longo prazo, experimente o Rank Tracker.

Passo 12 – Localize as páginas classificadas nas posições 5 a 10 para palavras-chave de alto volume

A classificação na posição 5 para palavras-chave de alto volume parece uma posição muito boa. 

Mas, quando você verifica outras páginas em posições melhores, você vê que não é tão bom assim. 

A boa notícia é que, se você já está classificando razoavelmente bem, um pouco de SEO pró-ativo deve ser o suficiente para levar essas páginas para os primeiros lugares.

Portanto, precisamos procurar palavras-chave de alto volume nas quais classificamos nas posições de 5 a 10 e otimizá-las.

Fazer isso com o Site Explorer do Ahrefs é fácil.

Site Explorer> Digitar domínio> Pesquisa orgânica> Palavras-chave orgânicas> Posição (5–10)> Volume (1K +)

Em seguida, obteremos uma lista de palavras-chave (e conteúdo) nas quais podemos nos concentrar para obter resultados mais rápidos.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 17

Então, como podemos aumentar essas páginas e levá-las para a primeira posição?

Existem algumas opções:

  • Adicione mais alguns links internos para as páginas
  • Construa alguns backlinks para as páginas
  • Atualize o conteúdo adicionando mais informações de valor
  • Certifique-se de que a página seja otimizada para a palavra-chave exata

Passo 13 – Analise os backlinks

Em seguida, usaremos o Ahrefs para realizar uma auditoria rápida e manual dos backlinks do site.

Por enquanto, estamos apenas procurando por problemas de destaque.

Vamos começar com: Site Explorer > Visão geral.

Primeiro, olhe para o gráfico de domínios de referência. Veja que o número de domínios de referência apontando para o blog do Ahrefs tem aumentado constantemente.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 18

Se ao contrário, você identificar um declínio, analise o motivo de você estar perdendo backlinks.

Ao mesmo tempo comece a melhorar seus esforços de criação de links.

Vá até o Anchors Cloud, para uma visualização rápida e fácil da distribuição de texto âncora do site.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 19

Nesse caso, podemos ver que a maioria dos backlinks estão vinculados a âncoras de empresas ou genéricas.

Esta é uma boa notícia sob a perspectiva de SEO, pois os links da marca ajudam a construir autoridade.

Se você ver um grande número de âncoras em palavras-chave ou spam, você deve analisar mais de perto

Por fim, nos aprofundaremos um pouco mais nos domínios de referência do site.

Mais uma vez, estamos apenas olhando para ver se algo se destaca como suspeito ou de baixa qualidade.

Clicamos em “DR” para reverter a ordem do relatório e colocar os links de menor qualidade na parte superior.

Site Explorer> Digite domínio> Perfil de Backlink> Domínios de referência> Classificar por DR (menor primeiro).

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 20

Se alguma coisa parecer suspeita, clique no número na coluna Backlinks e, em seguida, clique no URL de vinculação para dar uma olhada.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 21

Você pode perder um tempo analisando isso com mais detalhes quando realizar uma auditoria completa.

Mas, por enquanto, procure qualquer coisa que pareça de baixa qualidade.

Veja se existem muitos guest posts de baixa qualidade ou links de vários diretórios irrelevantes.

Nesse caso, o perfil do link parece relativamente bom, então vamos para o próximo passo da nossa auditoria SEO.

Passo 14 – Encontre e corrija links quebrados para o seu site

Páginas (e links) quebradas no seu site podem decair seu posicionamento. 

Corrija esses problemas o mais rápido possível.

Para encontrar páginas quebradas, vá para:

Site Explorer> Páginas> Melhor por links> Adicione um filtro “404”.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 22

Classifique os resultados por RD (Referring Domains) para ver quais páginas quebradas têm mais ligações de entrada.

Trabalhe com essa lista e corrija os erros conforme necessário.

Isso quer dizer:

  • Substitua o conteúdo;
  • Redirecione a página quebrada (para uma página relevante);
  • Deixe o 404 em páginas sem backlinks

Passo 15 – Encontre oportunidades de conteúdo

O que é isso?

É uma palavra-chave que seus concorrentes classificam e você não! Isso pode ser corrigido.

Há um relatório simples que você pode executar no Site Explorer do Ahrefs para encontrar essas oportunidades de conteúdo.

Mas primeiro, descubra quem são seus concorrentes mais próximos na pesquisa.

Para fazer isso, execute o relatório de domínios concorrentes.

Site Explorer> Digite o domínio> Pesquisa orgânica> Domínios concorrentes.

O relatório mostrará sites com grande concorrência de classificações de palavras-chave com seu domínio.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 23

Analise o relatório dos domínios concorrentes e cole os três sites que considera concorrentes próximos. Exclua aquelas grandes lojas. 

Agora, vá até o relatório de Content Gap report e insira esses três concorrentes.

Site Explorer > Digite domínio > Pesquisa orgânica> Diferença de conteúdo > Insira concorrentes > Mostrar palavras-chave

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 24

Também configure o filtro de volume para mostrar palavras-chave com volume máximo de pesquisa de 5.000.

Auditoria SEO em 16 passos - Confira dicas 25

Assim, você pode ver algumas palavras-chave de alto volume que podem valer a pena serem rankeadas.

Passo 16 –  Realize uma auditoria completa de conteúdo

A etapa final em nosso processo de auditoria pode parecer um pouco mais complicada.

Isso acontece porque geralmente envolve a exclusão de um grande volume de páginas do seu site.

Então, como isso ajudará a aumentar o tráfego de pesquisa?

A resposta curta é que muitas páginas de baixa qualidade (ou de baixo desempenho) podem colocar seu site lá embaixo. 

Ao excluir postagens de baixo desempenho do seu site, você irá obter um bom aumento em seu tráfego de pesquisa.

Uma estratégia que funciona:

  1. Encontre páginas de baixa qualidade com pouco ou nenhum tráfego de pesquisa orgânica;
  2. Se elas puderem ser melhoradas, atualize-as e reposte. 
  3. Caso contrário, exclua-as e redirecione (301) o URL para uma página relevante.

Auditoria SEO completada com sucesso

Ao seguir todas essas etapas, você deve ter descoberto muitas alterações que você deve começar a fazer no seu site para melhorar suas classificações.

Uma auditoria SEO completa é um processo muito mais demorado (levando algumas horas a alguns dias, dependendo do tamanho do site). Mas este processo é uma ótima maneira de começar qualquer nova campanha de SEO e ter uma ideia de como o seu site está atualmente.

Se você tiver alguma dúvida sobre o processo de auditoria SEO ou tiver alguma dica que gostaria de compartilhar, deixe um comentário abaixo!

Fontes: A 16‐Step SEO Audit Process To Boost Your Google Rankings – Ahrefs

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *