como usar o Analytics

Entender como usar o Analytics é importante para você ter um indicador de quem é o seu público-alvo, dentre outros dados que a ferramenta possibilita. Com isso, você sabe como tomar decisões e consegue realizar um planejamento de marketing mais adequado.

O conhecimento é o seu maior aliado quando falamos em estratégias de marketing. Através, principalmente, do conhecimento do seu público-alvo e entendendo o que ele procura é que você pode ajustar suas ações e obter mais visitas no site e gerar mais conversões, além de melhorar o relacionamento com seus clientes.

O que é o Google Analytics?

O Google Analytics é um serviço oferecido pelo Google – e o melhor de tudo – de forma gratuita. É basicamente uma plataforma de análise de dados online.

Através do Google Analytics você consegue obter dados de acesso do seu site e outras páginas online. A ferramenta exibe estatísticas de visitação do seu site e outras informações com o objetivo de ajudar a nortear suas campanhas de marketing.

Importância do Google Analytics

“Se o conhecimento pode criar problemas, não é através da ignorância que podemos solucioná-los”.

Como dizia o grande filósofo Nietzsche, o conhecimento pode trazer uma grande quantidade de problemas, mas eles são fundamentais para a evolução humana pessoal (e também profissional) e não é ignorando-os que você conseguirá solucioná-los e nem ter sucesso no seu negócio.

Por isso, aprender a como usar o Analytics da forma correta é o primeiro passo para medir o resultado das suas campanhas e ver se elas estão trazendo o retorno esperado.

Especialmente em momentos de crise, a área de marketing precisa ter muito cuidado ao gerenciar os investimentos financeiros das suas campanhas.

Realizar uma estratégia que traga um resultado negativo pode trazer muitos prejuízos, portanto cada tomada de decisão precisa ser muito bem pensada e embasada em dados.

Vantagens do Google Analytics

O Analytics, como já falado, é importante para qualquer empresa que tenha um site e queira melhorar o relacionamento com seu público-alvo (clientes e potenciais clientes).

Algumas das possibilidades da ferramenta é poder visualizar o número de visitantes do seu site, a origem do tráfego, desempenho da loja virtual, resultados das mídias sociais e campanhas que estão dando melhores resultados e as que precisam de melhorias.

As principais vantagens são:

  • Conhecer melhor seu público-alvo
  • Melhorar o relacionamento com clientes
  • Aumentar as visitas ao seu site
  • Aumentar chances de conversão de clientes
  • Se tornar autoridade no seu segmento
  • Desenvolver novos projetos baseados em dados
  • Ajustar suas estratégias de marketing digital

Como ajustar estratégias com Analytics?

Estratégias com Analytics

Analisando o comportamento do seu público ao acessar o seu site, você pode melhorar pontos que precisam de melhoria.

Por exemplo, se você percebe que a sua audiência permanece pouco tempo em uma de suas páginas, você pode desenvolver um conteúdo mais aprimorado para incentivar eles a ficarem.

Vale a pena avaliar as páginas que recebem mais visitas dentro do seu site e ver o que melhor funcionou e apostar nisso.

Apesar de algumas páginas do seu site não serem feitas para conversão, elas são importantes para o início da jornada de compra, ou seja, para trazer mais informações sobre sua empresa, sobre os serviços/produtos oferecidos e nutrir o público com conteúdos informativos do universo do seu negócio.

Por isso, todas as páginas precisam estar “fortes” e otimizadas para não só gerar tráfego, mas também converter em determinado momento. O SEO, nesse sentido, é muito importante para trazer esse tráfego através da pesquisa orgânica do Google.

Se você não analisar esses dados e procurar sempre otimizar seus conteúdos e ajustar o tom de voz para que esteja com uma linguagem adequada ao seu público, você corre o risco de que seu público busque o site do concorrente.

Portanto, se você deseja mensurar as métricas do seu site, o Analytics é primordial. Através dele, você pode monitorar o volume de visitas, o tempo que os usuários permanecem em suas páginas, os canais de origem e até mesmo dados de conversão (se você tiver landing pages focadas nisso).

Esses dados também podem servir de base para você elaborar suas personas. Saiba como montar modelo de persona em 13 passos.

Dicas de ferramentas que apoiam o Analytics

Você também pode fazer uso de ferramentas, aplicativos e softwares muito úteis como esses para suportar suas estratégias:

Cada uma dessas ferramentas oferece um propósito diferenciado e uma funcionalidade específica que pode contribuir na sua análise. Alguns deles mostra os mapas de calor dentro do site.

Por mais que essas ferramentas sejam interessantes para prestar um auxílio fundamental, nada substitui o Analytics que é a plataforma mais completa e que nenhuma outra conseguiu superar até então.

Como usar o Analytics?

Se você tem dúvidas sobre como usar o Analytics na prática, saiba que ele tem uma interface amigável e intuitiva que facilita o seu manuseio.

O Google tem essa preocupação no desenvolvimento de todos os seus produtos, por isso que procura criar ferramentas que sejam facilmente acessíveis por qualquer público, seja por especialistas em marketing, usuários comuns ou empresários.

A ferramenta possibilita a extração de dados personalizados através de relatórios diferentes. Você pode obter desde relatórios do Google Analytics mais básicos, desde outros mais aprofundados e complexos que envolvem mais análise de dados.

Você pode usar o Analytics também para monitorar as redes sociais da sua empresa, como Facebook, Twitter, LinkedIn, Instagram, Pinterest, para verificar o alcance das suas publicações, quais geraram mais engajamento e de onde está vindo esse público.

Como instalar o Analytics?

Como instalar o Analytics

Para que o Google Analytics seja capaz de fazer essa leitura do seu site, você precisa instalar um código nas páginas do seu site. Assim, ele consegue obter as informações dos usuários e converter em relatórios.

Para realizar a configuração inicial do Google Analytics o mais indicado é você assistir a um tutorial com instruções mais específicas para implementação do código de acordo com a plataforma e linguagem utilizadas.

Se você tiver um programador que cuida do seu site, o mais indicado é que você peça para ele fazer essa implementação da maneira mais adequada.

No caso de lojas virtuais ainda existem as métricas para conversão. Para instalação do código de acompanhamento do comércio eletrônico no seu carrinho de compras, você pode solicitar a ajuda dos desenvolvedores do seu site para prestar esse suporte.

O primeiro passo é criar uma conta no Google Analytics e através dela que você poderá obter o código para instalação.

Essa página de suporte do Google pode te ajudar a tirar algumas dúvidas principais.

Dúvidas mais comuns de como usar Analytics

Se você tem dúvidas mais técnicas sobre como usar o Analytics esse agrupado de perguntas mais frequentes e suas respostas podem te ajudar. Acompanhe abaixo!

Posso instalar mais de um código de acompanhamento no site?

Claro! Você pode instalar vários códigos de acompanhamento em suas páginas para enviar dados para propriedades diferentes em sua conta. Isso é especialmente importante para garantir a precisão na coleta dos dados.

Posso usar o mesmo código em domínios diferentes?

Não. Cada vez que você cria uma propriedade no Google você define uma URL de domínio. Se você informar uma URL e receber dados de outro site, os dados serão comprometidos.

Devo usar um código diferente para cada subdomínio?

Vale a pena usar um código específico para o site principal e outro código para o seu blog, por exemplo. Dessa forma você não mistura os dados, porém, com isso você pode perder informações de usuários que migram do site para o blog e vice-versa.

Se você quiser monitorar o tráfego entre domínio e subdomínios com o mesmo código você deve:

  1. Usar a última versão do código de acompanhamento;
  2. Adicionar o seu domínio na lista de exclusão de referência;
  3. Criar uma vista de propriedade com os filtros ajustados.

Como tenho certeza que está funcionando?

Para se certificar de que está rodando use a extensão Google Tag Assistant para o Chrome. Basta instalar e acessar o site alvo de monitoramento. Se ela estiver corretamente instalada, as tags irão aparecer em verde. Se tiver algum problema, aparece em azul ou em caso de erro, vermelho.

O que são contas, propriedade e vistas de propriedade?

Conta

A conta é onde tudo começa. Aqui você pode gerenciar os usuários, definir condições relacionadas à política de privacidade e também criar as propriedades em si.

Cada usuário tem direito a até 100 contas diferentes. Uma agência de marketing, por exemplo, tem uma propriedade para gerenciar todas as contas de clientes.

Propriedade

A propriedade é o site ou aplicativo mobile que deseja monitorar. Lá que você define a URL do domínio, obtém o código de acompanhamento (UA) e filtra padrões de coleta dos dados.

Cada conta pode ter até 50 propriedades e, consequentemente, 50 códigos para monitoramento. Dentro de uma mesma propriedade você pode ter código para monitorar o site, outro para o blog e outro para estudar o comportamento do cliente.

Vistas de propriedade

Essa parte tem relação com o acesso aos relatórios. Aqui se define como os dados podem ser visualizados, definir metas e filtros.

Métricas do Google Analytics

Métricas do Google Analytics

Para saber como usar o Analytics de forma estratégica, você precisa entender as métricas que direcionam suas ações. Veja um breve descritivo das principais a seguir.

Visitante

Esse conceito é muito fácil de entender. Visitante é exatamente o usuário que acessa o seu site. Importante lembrar que um visitante pode visitar o seu site mais de uma vez em um mesmo período e por diferentes canais (pesquisa no Google, Facebook etc) e verificar as fontes de acesso é essencial para diversificar os esforços.

Hits

O hit seria a atualização do Google Analytics a cada novo acesso ao seu site. O hit apresenta dados como IP, data e hora do acesso, versão do navegador e nome da página e URL. Durante uma mesma navegação, a cada nova página aberta podem ser gerados vários hits.

Sessões

As sessões são os agrupamentos dos hits gerados por um visitante quando ele navega pelo seu site.

Taxa de rejeição

Se você já analisa ou pretende começar a estudar os dados do Analytics em breve você precisa entender muito bem o que é taxa de rejeição. Essa métrica se refere ao ato de um usuário acessar a sua página, mas não permanecer na página.

O Google pode analisar isso de diferentes formas, como através do tempo que ele permanece numa mesma página e se ele interage com alguma outra página do seu site. Isso tudo é muito positivo para o seu site, inclusive para o rankeamento orgânico no Google

Duração média da seção

Como o nome já antecipa, essa métrica mostra o tempo que um visitante permaneceu em seu site. Se um usuário gostar do seu conteúdo, ele muito provavelmente voltará a acessar sua página contribuindo para aumentar o número de leads.

Conclusão

As inúmeras informações do Google Analytics podem te deixar um pouco confuso no começo, mas a dica é ir com calma conhecendo todos os recursos disponibilizados, ou ao menos, os mais necessários.

Com o tempo e muita prática você terá mais domínio e facilidade de encontrar as informações exatas que você precisa e traduzir isso em estratégias mais certeiras de marketing digital.

O artigo se propôs a trazer um panorama sobre as principais funcionalidades do Google Analytics, os recursos disponíveis, a importância e vantagens de fazer uso dessa plataforma.

Espero que tenha ajudado você a ter mais clareza sobre a ferramenta e mais facilidade ao acessar os dados que a plataforma disponibiliza em seus relatórios.

Boa sorte!

Confira também esses outros artigos do nosso blog que podem apoiar suas estratégias:

Ficou mais alguma dúvida sobre como usar o Analytics? Deixe um comentário abaixo!

Fontes:

Google Analytics – Rock Content

O que é, como funciona e como usar o Analytics

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *