A escolha do provedor de hospedagem certo para cada loja online é um pré-requisito para o sucesso.

Mesmo os melhores produtos com os melhores preços não são suficientes para impedir um usuário impaciente de sair do site, porque ele carrega muito lentamente. Para evitar essa situação, é necessário garantir uma infraestrutura técnica estável, incluindo hospedagem adequada.

No começo, vale destacar os tipos de serviços de hospedagem de sites disponíveis no mercado:

  • Servidor compartilhado – uma solução que atende às expectativas de pequenas lojas, (por exemplo, uma loja específica de alto falantes 5 polegadas) que tem poucos produtos. Esta solução é a opção mais barata e fácil de configurar.

    Mas a desvantagem nesse caso é o risco de compartilhar recursos do servidor com um site que utiliza uma quantidade significativa deles, o que se traduz em uma diminuição no desempenho do e-commerce.
  • VPS (Virtual Private Server) – é uma solução que funciona bem para grandes lojas online. Quanto ao VPS, aqui os recursos não são compartilhados com outras partes, o servidor tem melhor desempenho e capacidade de escalabilidade.
  • Servidor dedicado – usando-o, temos todas as possibilidades de sua configuração. Assim, definimos a quantidade necessária de RAM, capacidade de disco e o número de processadores. Como você pode imaginar, esta é a mais cara das soluções listadas e também requer mais habilidades técnicas.

Depois de decidir qual solução melhor atende às suas necessidades de negócios, considere os critérios que te ajudará a escolher o melhor provedor de hospedagem para seu e-commerce.

Como escolher hospedagem para seu e-commerce?

Abaixo está uma lista de dicas sobre o que procurar ao escolher uma hospedagem.

1 – Desempenho do servidor

O principal objetivo é garantir um trabalho eficiente do servidor no qual o e-commerce está localizado.

Segundo pesquisas, o usuário espera que a página seja carregada em menos de 2 segundos e até 40% dos usuários saem da página cujo tempo de carregamento excede 3 segundos.

Desse modo, os números citados são argumentos suficientes para você escolher cuidadosamente um provedor de hospedagem. Mas vale a pena considerar o desempenho do servidor no contexto do aumento potencial no tráfego da loja e no aumento do número de pedidos.

2 – Segurança de dados do usuário

Talvez esse critério deva estar no início da lista, mas pode-se supor que esse é o fator óbvio que determina a escolha da hospedagem.

A segurança dos dados do usuário é um elemento essencial na construção de um negócio online. Portanto, ao escolher a melhor hospedagem, você deve escolher a que garante a possibilidade de instalação automática do certificado SSL.

Ao abordar o tópico de dados pessoais, vale a pena mencionar os requisitos do LGPD ;em relação ao processamento de dados pessoais. Lembre-se de assinar um contrato relevante com o provedor de hospedagem em relação à transferência de dados pessoais para processamento.

No momento em que usamos um servidor externo que possui os dados dos clientes de nossa loja, o provedor de hospedagem, processa os dados pessoais de nossos clientes.

Muitas empresas no mercado oferecem a possibilidade de concluir rapidamente um acordo sobre a transferência de processamento de dados pessoais do nível do painel do administrador da conta de hospedagem. No entanto, você precisa perguntar antes de assinar o contrato se esse serviço é gratuito.

3 – Tempo de atividade perto de 100%

Ao criar uma loja online, você precisa garantir que os usuários possam acessá-la a qualquer momento. O tempo de atividade do servidor é determinado pelo indicador de tempo de atividade. É importante que seu valor esteja acima de 99,95%. A indisponibilidade de uma loja online tem um impacto negativo nos seus negócios.

4 – Compatibilidade do servidor com o sistema CMS

Pode haver uma situação em que o servidor não suporta o software usado por sua loja. Antes de tomar uma decisão sobre a escolha de uma hospedagem, verifique se a loja, funcionará corretamente com o provedor de hospedagem especificado. Muitas vezes, as empresas oferecem soluções dedicadas a sistemas CMS específicos.

5 – Backups

Todo mundo que cometeu um pequeno erro, sabe da importância da opção de backups automáticos ao introduzir até as menores correções em uma página em um ambiente de produção.

A incapacidade de criar backups pode levar a horas de inatividade para o e-commerce. Há duas coisas a serem observadas sobre os backups.

A primeira é a frequência de seu desempenho. Existem empresas que fazem backup a cada poucos dias, mas também muitos provedores de hospedagem realizam tal operação todos os dias ou mesmo várias vezes ao dia.

A segunda coisa a considerar quando se trata de backup é o tempo de armazenamento de dados. Muitos provedores de hospedagem oferecem backups que cobrem um período de 7 a 14 dias.

Conclusão

A lista acima mostra um conjunto de critérios que devem ser levados em consideração na fase de escolha da hospedagem para e-commerce. 

Encontrar a melhor oferta, ideal para as suas necessidades pode ser difícil, mas seguindo essas dicas, seu provedor de hospedagem pode ser seu grande aliado no e-commerce!

5/5 (2 Reviews)
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *